Página Inicial

Narrativas e Hanseníase: olhar, sentir e aprender além da doença

Conhecendo a experiência da pessoa com hanseníase e re(pensando) o processo de ensino-aprendizagem na área da saúde

Projeto Narrativas e Hanseníase

“Narrativas e Hanseníase: olhar, sentir e aprender além da doença” é uma tecnologia educativa construída a partir do projeto de pesquisa “A formação em saúde a partir das narrativas de pessoas com Hanseníase: desenvolvimento de estratégias educativas mediadas pelas tecnologias digitais de informação e comunicação”, aprovado no edital nº05/2019 PIBIC/PIVIC-CNPq-UNIVASF e desenvolvido por discentes e docentes do colegiado de Medicina, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), campus Paulo Afonso-BA. O objetivo do projeto é oferecer aos acadêmicos de cursos da área da saúde e profissionais de saúde, narrativas que retratam a experiência de pessoas com diagnóstico de hanseníase, acerca do processo de adoecimento e tratamento. Espera-se ampliar o olhar para o aprendizado dos aspectos que envolvem a experiência da pessoa, alinhados ao aprendizado sobre a doença e suas manifestações, mas sempre com o olhar para o outro – sujeito, e sua história.


O que é Hanseníase?

A hanseníase é uma condição infectocontagiosa, causada por Mycobacterium leprae, que acomete, principalmente, a pele e os nervos periféricos, resultando em limitações físicas e muitas vezes, em exclusão do convívio familiar e social. Esse caráter estigmatizante e preconceituoso está fortemente arraigado desde a antiguidade e se perpetua até os dias atuais. A infecção por Mycobacterium leprae representa uma situação endêmica no Brasil, ocupando o segundo lugar em número de casos novos registrados no mundo (BRASIL, 2018)…


Aprendizagem baseada em Narrativas

A medicina narrativa é uma metodologia que permite ser agente transformador da relação médico (profissional de saúde)-paciente, pois a partir de diferentes maneiras de abordar a pessoa acometida com a doença, tenta entender as vivências desses indivíduos e seus aspectos psicossociais quanto ao processo de adoecimento, permitindo uma abordagem mais singular e efetiva (JOHNA, 2014).

A medicina narrativa é entendida como uma habilidade médica que procura entender o impacto do contexto e das vivências dos pacientes no processo de adoecimento. Isso porque, ocorre um processo de ressignificação das narrativas apresentadas, permitindo tanto uma abordagem mais singular ao problema, assim como, uma visão mais empática do médico para aquele indivíduo e para suas demandas (CHARON, 2006). Com isso, é possível enxergar o impacto desse tipo de metodologia no ensino da saúde, por permitir o desenvolvimento de competências exigidas no cenário prático atual…

Leia mais

Vídeo de autoria dos alunos da UNIVASF campus Paulo Afonso e membros do GPECS

Os trechos utilizados para a elaboração desa publicação estão disponíveis em:

https://youtu.be/Lc79KUdcIFo
https://youtu.be/CZVjP2wynWQ
https://youtu.be/sGUQYXaL17s
https://youtu.be/XLw3EwS2Gvg


Medicina Narrativa e a sua relação com a hanseníase

A medicina narrativa é uma abordagem mais singular do paciente, algo que exige que o profissional da saúde seja capaz de auscultar vivências por meio das narrativas. Dentro desse cenário, é importante pontuar que a hanseníase por ser uma doença negligenciada, apresenta diversos preconceitos sociais que levam a mudanças drásticas no cotidiano de indivíduos em tratamento, determinando o processo de adoecimento e possíveis complicações que essas pessoas possam ter. Com isso, a história da doença e o cuidado a ser feito devem ser vistos como processos socialmente construídos, que são melhores compreendidos diante os relatos de cada paciente. Sendo assim, a medicina narrativa atuaria como agente do ensino da saúde por permitir o desenvolvimento de competências que ajudem a visualizar todo o contexto singular em que a pessoa com hanseníase vive, para assim, estabelecer a melhor linha de cuidado a ser adotada dentro do sistema de saúde…

Leia mais


Ensinando e aprendendo sobre hanseníase: como integrar a medicina narrativa na formação em saúde.

Essa seção busca construir com os educandos uma forma prática e eficaz para conhecer as narrativas de pessoas com hanseníase e como essas podem contribuir para o aprendizado sobre a experiência de adoecimento e tratamento. Para tanto, baseados no referencial da medicina narrativa, descrevemos a importância e a eficácia de seguir alguns passos para apreender as narrativas pessoais no cuidado à pessoa com hanseníase.

Leia mais